quarta-feira, maio 22, 2024
Feira Do Livro 2016TODAS EDIÇÕES

TEORIA DO JORNALISMO VIRA MANCHETE DE LIVRO

O jornalista Felipe Simão Pontes esteve presente na sessão de autógrafos da Praça Saldanha Marinho na tarde desta terça, 3 de maio, com o livro Adelmo Genro Filho e a Teoria do Jornalismo. Pontes que também é professor do Departamento e do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), aborda as teorias que circundam o meio comunicacional.

O livro é resultado de uma tese de doutorado, que nasceu de um questionamento de Pontes: “como um conjunto de pesquisadores e professores de jornalismo propunham uma teoria para o jornalismo?”. As indagações do autor o levaram à estudar as mediações que se estabelece na produção e na recepção de O Segredo da Pirâmide: para uma teoria marxista do jornalismo ,  de Adelmo Genro Filho, figura ligada à Santa Maria e egresso do curso de Comunicação Social da UFSM.

Pontes ressalta que o livro foi também construído sobre cinco táticas bem definidas:  qual era o contexto do jornalismo naquela época (anos 70);  qual a vida deste sujeito;  o que foi feito da teoria;  discutir a base epistemológica para o entendimento do jornalismo e direcionamento de sua prática profissional e de pesquisa;  por fim propor a teoria do jornalismo como forma de discussão do conhecimento. “Eu parto de uma linha de pesquisa marxista, pois a base teórica do Adelmo era similar a que eu tinha, desta forma possibilitou uma empatia pelo estudo”, avalia o professor.

Adelmo Genro Filho e a Teoria do Jornalismo – Felipe Simão Pontes (1)

ASSESSORIA DE IMPRENSA UNIFRA
TEXTO: Acadêmico de Jornalismo Roger Haeffner
FOTO: Laboratório de Fotografia e Memória/Diego Garlet
Professor responsável: Jornalista Bebeto Badke (MTB 5498)