domingo, julho 21, 2024
Feira do Livro 2018

AS VIVÊNCIAS GERAM LIVROS

Vivências transformadas em palavras foi o tema desta noite no Livro Livre. O bate papo entre Vinicius Grosso e Daniel Bovolento ocorreu nesta segunda-feira, 30 de abril,  mediado pelo publicitário Lucio Pozzobon de Moraes. Nele, os autores discutiram sobre as temáticas de seus livros, inspirações, carreira e público.

Daniel Bovolento, é responsável pelo site Entre Todas as Coisas e escritor. Ele conta que começou escrever sem esperar o sucesso de seus textos, seguindo sempre uma linearidade de narrativas curtas e para a internet. Bovolento relata que baseia-se nos momentos da sua vida para inspirar-se e que fica muito feliz ao ver o retorno de muitas pessoas as quais se identificam com seus momentos. Iniciou escrevendo sobre relacionamentos amorosos porque não se sentia feliz e lançou seu livro mais recente intitulado O que eu tô fazendo da minha vida? no qual relata os sentimentos de uma pessoa com depressão.

Vinícius Grossos trabalha com a literatura juvenil. De acordo com o autor, suas histórias são baseadas em momento vivenciados por ele e por pessoas que o cercam, além de contar com uma pesquisa de relatos que se identificam com o tema o qual ele escolhe escrever. “É muito legal escrever sobre um determinado tema que é considerado tabu, e de repente receber um feedback de uma galera dizendo o seu livro ajudou”, revela o jovem escritor. Desta forma, são questões muito próximas da vida adulta e que fazem o público se identificar.

Maria Rita Py Dutra, tem 70 anos, e escreve sobre a temática do racismo para o público infanto-juvenil. Ela estava na plateia e parabenizou os meninos pela fala. Além disso relata a importância de se deixar registrado na literatura o momento que estamos vivendo para as futuras gerações.


Texto elaborado pela acadêmica Flora Quinhones /Jornalismo UFN – Universidade Franciscana
Foto: Thayane Rodrigues/Labfem-UFN
Professor responsável: Jornalista Bebeto Badke (MTb 5498)