LIVRO LIVRE

livro_livre

 

28 de abril – Sábado

19h00 – Bate-papo com Daniela Arbex, autora do livro “Todo o Dia a Mesma Noite”.

Daniela Arbex reafirma seu lugar como uma das jornalistas mais relevantes do país, veterana em reportagens de fôlego — premiada por duas vezes com o prêmio Jabuti — ao reconstituir de maneira sensível e inédita os eventos da madrugada de 27 de janeiro de 2013, quando Santa Maria perdeu de uma só vez 242 vidas.

29 de abril – Domingo

19h00 – Bate-papo com Clarice Freire, autora do livro “Pó de Lua”.

A publicitária Clarice Freire nasceu no Recife em 1988 e é a criadora do Pó de Lua, que começou como uma página no Facebook e virou livro, e mistura poesia em textos e desenhos feitos por ela.

30 de abril – Segunda-feira

19h00 – Bate-papo com Vinicius Grossos e Daniel Bovolento.

Daniel Bovolento é redator publicitário, produtor de conteúdo e escritor. Autor de “Por Onde Andam as Pessoas Interessantes”. Vinícius Grossos é carioca, publicou seu primeiro livro, “Sereia Negra” em 2014, e já participou de várias feiras literárias. Também escreveu “O Garoto Quase Atropelado” e “A Matemática do Amor”.

1º de maio – Terça-feira

19h00 – Bate-papo com Matheus Rocha.

Publicitário e escritor baiano, Matheus é autor dos livros “Muito Amor, Por Favor” e “No Meio do Caminho, Tinha um Amor”, abordando assuntos sobre amor, amizade, sonhos e vida.

02 de maio – Quarta-feira

19h00 – Exibição do documentário “Por Onde Passa a Memória da Cidade” (TV OVO)

O documentário sobre o distrito de Palma será exibido no palco. O filme foi produzido em 2017 pela TV OVO e tem direção de Denise Copetti. O documentário faz parte do projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade, que visa contar histórias dos lugares, pessoas e memórias de Santa Maria.

03 de maio – Quinta-feira

19h00 – Bate-papo com Zack Magiezi sobre a poesia contemporânea no contexto das redes sociais.

Zack Magiezi faz sucesso na internet com suas frases sobre a mulher e as experiências femininas. “Notas sobre ela“, projeto do autor, virou livro, publicado este ano pela Bertrand Brasil.

04 de maio – Sexta-feira

19h00 – Beto Pires – Abertura Oficial do CARTUCHO

05 de maio – Sábado

19h00 – Bate-papo com Marcelo Canellas e Maria Rita Py Dutra.

Os acontecimentos pós-assassinato da Marielle, sobretudo as fake news e o ódio destilado nas redes sociais.

06 de maio – Domingo

19h00 – Beatles no Acordeon

O músico gaúcho Diego Dias da banda Vera Loca usa o seu instrumento preferido, o acordeon, para tocar os maiores sucessos dos Beatles. No setlist, Hey Jude, Yesterday, entre outros clássicos dos garotos de Liverpool.

07 de maio – Segunda-feira

19h00 – Bate-papo com Bruno Miranda, autor do livro “Azeitona”.

Bruno Miranda tem 21 anos e mora em São Paulo. É youtuber e escritor. “Azeitona” (2016) é seu primeiro romance contemporâneo para jovens e adultos.

08 de maio – Terça-feira

19h00 –Noite do Homenageado – Felipe D’Oliveira

Homenagem da Academia Santa-Mariense de Letras ao poeta e escritor Felipe D’Oliveira com a participação de Lígia Militz da Costa e Pedro Brum Santos. Recital poético com Aristilda Rechia, Evandro Weigert Caldeira, Edinara Leão, Carlos Alberto Bellinaso, Daniel Arruda Coronel, Haydée Hostin Lima, Humberto Gabbi Zanatta, João Marcos Adede y Castro, José Vanderlei P. Oliveira, Letícia Raimundi Ferreira, Maria Barbiero Venite, Máximo Trevisan, Onilse Noal Pozzobon e Tânia Lopes.

09 de maio – Quarta-feira

19h00 – Show liter – Maribel Dal Bem

A professora homenageada apresenta um concurso literário ao vivo para estudantes do ensino médio.

10 de maio – Quinta-feira

19h00 – Noite do Patrono Valter Antonio Noal Filho.

Coral Illumina e Mapping no Theatro Treze de Maio.

11 de maio – Sexta-feira

19h00 – Especial Antonio Augusto Ferreira, com Tuny Brum e lançamento da Tertúlia

12 de maio – Sábado

19h00 – Exibição do documentário “Rock do K7 e a memória do rock de Santa Maria” (TV OVO)

Vidas, lendas, contestação social, amores e desamores contados em melodias pesadas, clássicas ou virtuosas. O Rock’n’roll sempre encontrou espaço na sociedade como forma de expressão ou consumo cultural. O gênero musical, que por vezes se funde com uma cultura, criou cenas de produção musical em diferentes espaços do mundo e em diversas cidades do interior brasileiro. Santa Maria foi uma delas, apelidada na época de a Seatlle do Sul.

Rock do K7 é uma série documental que mistura ficção e documentário sobre o cenário roqueiro do final dos anos 70, 80 e 90. Cada episódio aborda uma banda do contexto do rock alternativo do Rio Grande do Sul na primeira temporada, partindo de uma coleção de fitas cassete. No episódio piloto, que será lançado na Feira do Livro,a parte documental traz o depoimento de integrantes da banda A Bruxa, uma das precursoras do rock santa-mariense.

Já a parte ficcional gira em torno da adolescente Fran (Luiza Prolla) que vive conectada aos dispositivos móveis e na internet e que entra em contato com um acervo de fitas K7 do seu tio Pedro (Paulo Chagas). O pai (Tiago Telles) atua como uma ligação que aproxima os dois personagens. Muito além de conhecer a produção do rock autoral e independente do passado, Fran vai em busca de registros dos sons daquela época na internet. Ela compila isso e passa a divulgar, também via rede, tudo o que já está disponibilizado hoje.

Além da exibição do episódio, haverá um debate sobre a memória do rock de Santa Maria, com convidados da cena roqueira para conversar sobre a produção da cidade cultura a partir da década de 1970. O projeto tem financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria e é uma produção da TV OVO, com parceria da Finish Produtora.

13 de maio – Domingo

19h30 – Show de Encerramento com João de Almeida Neto no Especial Nelson Gonçalves no Theatro Treze de Maio.