ESCREVER E LANÇAR LIVROS EM FAMÍLIA É BOM DEMAIS!!!

Ano passado, Mateus Scheuermann lançou sozinho Os Caçadores de Fantasma e A Aventura de Cinema. Este ano, ele chegou à Feira do Livro acompanhado não só de Os Caçadores de Fantasma 2 e o Mundo Fantasmagórico, continuação da série iniciada em 2015, mas também dos pais e da irmã Letícia, de 7 anos, que lançou A Árvore dos Corações Mágicos.

Entre um livro e outro, o garoto de 13 anos escreveu, leu e adquiriu mais experiência, o que facilitou o processo de escrita do segundo volume da série Os Caçadores de Fantasma. O jovem escritor adiantou que o terceiro volume já está escrito, e tem cerca de 300 páginas, e o quarto está em produção. Segundo a mãe, Marilse, a leitura apenas acrescentou na vida escolar das crianças. “São alunos excepcionais, têm notas ótimas”, revela com um sorriso no rosto.

Letícia estava tímida ao lado do irmão e a placa de identificação na mesa sinalizava que o laço sanguíneo foi além: a pequena lançou seu primeiro livro infantil, intitulado A Árvore dos Corações Mágicos. Ela segue Mateus a pequenos passos, sem escrever diariamente. Sua a inspiração e a ideia para a história vieram de sua própria vida.

A mãe das crianças ajudou com as ilustrações dos livros de seus filhos e dá uma velha receita para desenvolver a leitura. “Mesmo que eles sejam pequenos e que ainda não tenham sido alfabetizados, manter livros à disposição e ler para crianças é uma ótima forma de ambientá-los com as palavras, com a pontuação correta e com novos mundos”, garante.

LANÇAMENTO_ARVORE DOS CORAÇÕES_FOTO_JULIANO_DUTRA

Assessoria de Imprensa – UNIFRA
Texto: Acadêmica de jornalismo Bibiana Campos
Foto: Laboratório de Fotografia e Memória / Juliano Dutra
Prof. responsável: Jornalista Bebeto Badke (MTB 9458)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *