LIVRO LIVRE

Livro Livre

De 1º a 10 de outubro:

Programações com transmissão online em: 


01º de outubro: Quinta-feira

19h – Abertura oficial com Vídeo-livro e Sarau Poético em homenagem ao Patrono Guido Isaia, com leitura de Ricardo Paim

19h30min – Djamila Ribeiro

Foto: Arquivo Pessoal
Djamila Ribeiro – Foto: Arquivo Pessoal

A filósofa que se tornou uma das principais vozes no combate ao racismo, em pouco mais de cinco anos, Djamila Ribeiro tornou-se o nome mais conhecido quando se fala em ativismo negro no Brasil. E tudo isso com um contorno pop: presença ativa nas timelines, acumula mais de 1 milhão de seguidores no Instagram. Mas sua voz ecoa para muito além das redes sociais.

É presença constante nos crescentes espaços de debate sobre os movimentos das mulheres e na luta por diversidade.

Conhecida como filósofa pop, Djamila faz jus ao título. Entre seus (muitos) feitos, estão desde participações no programa Saia Justa, do GNT, até um programa de entrevistas conduzido por ela no canal Futura. Em 2016, foi nomeada secretária-adjunta de Direitos Humanos e Cidadania da cidade de São Paulo.

Autora de livros como ‘ Pequeno Manual Antirracista’, ‘Quem tem medo do feminismo negro?’ e ‘Lugar de fala’.


02 de outubro: Sexta-feira

       19h – Vídeo-livro Hora da Leitura

19h – Rossandro Klinjey

Rossandro Klinjey - Foto: Arquivo Pessoal
Rossandro Klinjey – Foto: Arquivo Pessoal

Rossandro Klinjey é palestrante, escritor e Psicólogo Clínico. Fenômeno nas redes sociais, seus vídeos já alcançaram a marca de mais de cem milhões de visualizações. Autor vários de livros, sendo os mais recentes, As cinco faces do Perdão, Help: me eduque! e Eu escolho ser feliz.

É consultor da Rede Globo em temas relacionado a comportamento, educação e família, no programa Fátima Bernardes, além de colunista da Rádios CBN. Foi professor universitário por mais de dez anos, quando passou a se dedicar à atividade de palestrante, no Brasil, na Europa e nos Estados Unidos.

 

 

 


03 de outubro: Sábado

19h –  Vídeo-Livro Hora da Leitura

19h –  Os Sons da Boca do Monte – Tertúlia em Música e Poesia – Apresentação de. Angelo Franco

Participação dos vencedores da 27ª Tertúlia Musical: Renato Mirahil – Márcio Correia – Igor Tadielo – Raineri Spohr. Na Banda conta ainda com Elias Rezende e Jair Medeiros.


04 de outubro: Domingo

19h – Laurentino Gomes

Laurentino Gomes - Foto: Arquivo Pessoal
Laurentino Gomes – Foto: Arquivo Pessoal

Autor das premiadas obras “1808”, “1822” e “1889”, que resgatam detalhes da história brasileira, o jornalista e escritor paranaense Laurentino Gomes se deu conta de que o assunto mais importante do passado nacional não eram os ciclos econômicos, as revoluções, o império ou a monarquia.

Era a escravidão. “Tudo o que nós já fomos no passado, o que somos hoje e o que seremos no futuro tem a ver com nossas raízes africanas e o modo como nos relacionamos com elas”, afirma.

 

E foi pensando nisso que ele escreveu “Escravidão: Do Primeiro Leilão de Cativos em Portugal até a Morte de Zumbi dos Palmares”, livro lançado em setembro de 2019 pela Globo Livros e que é o primeiro volume da trilogia que resgata o processo econômico, político e social que envolveu os séculos de escravidão no Brasil.


05 de outubro: Segunda-feira

19h – Allan Dias Castro

Allan Dias Castro - Foto: Arquivo Pessoal
Allan Dias Castro – Foto: Arquivo Pessoal

Poeta e tem a escrita como base para todos os seus projetos, de letras de música a programas de tv. Formado em Comunicação Social pela ESPM-RS, cursou Escrita Criativa na Escola de Escritores de Barcelona, na Espanha. Gaúcho radicado no Rio de Janeiro, Allan lançou seu primeiro livro, O ZéNinguém, em 2014.

Suas letras já foram musicadas por grandes nomes, como Roberto Menescal, e ele já declamou seus poemas ao lado de artistas como Oswaldo Montenegro e Marcos Suzano.

Desde 2016, integra o Reverb Poesia (@reverbpoesia), banda que viaja por todo o Brasil apresentando sua mistura de música e poesia falada. Com o ‘Voz ao Verbo’, projeto de vídeos com poemas autorais que deram origem a este livro, busca facilitar o acesso do público à poesia.


06 de outubro: Terça-feira

19H – Bate-papo com Eliana Yunes

Criando leitores na escola e na sociedade: por um mundo melhor para todos

ELIANA YUNES Possui graduação em Filosofia e Letras pela Faculdade de Filosofia Nossa Senhora Medianeira (1971), mestrado em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1974) e doutorado em Linguística pela Universidade de Málaga (1976), em Literatura pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1986), com pósdoutorado em Leitura pela Universidade de Colônia (1991). Atualmente é professor associado da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e professora visitante em diversas universidades brasileiras e do exterior. Tem experiência na área de educação, políticas públicas, administração cultural e teologia, atuando principalmente na linha de formação de leitores em perspectiva interdisciplinar. Criou pra a Biblioteca Nacional, o Programa Nacional de leitura (Proler) é assessora do Cerlalc/Unesco e comparte a direção da Cátedra Unesco de Leitura no Brasil.


07 de outubro: Quarta-feira

19h – Os Sons da Boca do Monte – FLUIDEZ com Gabriel Opitz

O projeto Fluidez nasceu do desejo pessoal do músico de levar ao público suas composições. Para isso, buscou parcerias e construiu vínculos profissionais e afetivos que permitiram a realização do trabalho.

Gabriel faz da música sua linguagem com o mundo. É nela que encontra espaço, fluidez e intensidade para dizer tudo aquilo que as palavras não alcançam.

Dentre as impressões que absorve para sua musicalidade, saltam aos ouvidos a influência africana, a música latina, trazida pelos ritmos como a chacarera e o chamamé, a brasilidade do samba e baião e a vertente indígena, negra e europeia encontrada no choro.

No espetáculo, GABRIEL OPITZ com Pedro Monti, Pedro Issler, Nina Nunes, Hudson Garcia, Elias Rezende no acordeon e Carla Vieira na pintura/cenário ao vivo.


08 de outubro: Quinta-feira

19h – Lázaro Ramos

Lázaro Ramos - Foto: Arquivo Pessoal
Lázaro Ramos – Foto: Arquivo Pessoal

Luís Lázaro Sacramento de Araújo Ramos é um ator, apresentador, dublador, cineasta e escritor de literatura infantil brasileiro, que iniciou a carreira artística no Bando de Teatro Olodum.

Autor do livro ‘Na Minha Pele’ e dos infantis ‘O Caderno de Rimas do João’ e ‘Sinto o Que Sinto e a incrível história de Asta e Jaser’, entre outros.

 

 

 

 

 


09 de outubro: Sexta-feira

19h – Débora Noal

Débora Noal - Foto: Arquivo Pessoal
Débora Noal – Foto: Arquivo Pessoal

Natural de Santa Maria, Débora percebeu, ainda muito cedo, que a vida pode ser muitas coisas, entre elas, incoerente. Há pessoas que têm muito. E há pessoas que não têm quase nada… ou nada. Como os haitianos, após os terremotos. Como os congoleses, que vivem na miséria e sobrevivem a uma guerra civil sem prazo de validade. Como as milhares de pessoas “presas” nos campos de refugiados da Líbia. Ou como as mulheres: violentadas em qualquer região do planeta, em qualquer época e em qualquer idade.

 

 

Débora Noal é psicóloga e decidiu dedicar sua vida, sua escuta e seu afeto àqueles que necessitam. Ela trabalha na organização Médicos Sem Fronteiras e, desde então, já participou de 15 missões. Com o livro ‘O Humano do Mundo’ ela compartilha seu diário – um companheiro de todas as viagens e um amigo nos momentos de dor, conquistas e alegrias.

Psicóloga sanitarista, pós-doutoranda em saúde mental e desastres (FIOCRUZ-RJ), Doutora e Mestre em Processos do Desenvolvimento Humano e Saúde (UnB, 2018), com Doutorado Sanduíche na Division of Social and Transcultural Psychiatry (McGill University, Canadá). Desde 2008 desenvolve trabalhos relativos ao cuidado em saúde à populações e trabalhadores que vivenciam desastres naturais (terremotos, furacões, deslizamentos de terra, inundações, etc.) e humanos (guerras, conflitos armados, conflitos étnicos, desnutrição severa, migrações e deslocamentos forçados).

 

20h – Rapajador com Chiquinho Divilas

Rapajador Rafa Wilms - Foto: Arquivo Pessoal
Rapajador
Rafa Wilms – Foto: Arquivo Pessoal

RAPAJADOR nasce com o objetivo de representar a tradição do Sul por meio de sua essência musical e da rima. Com um discurso mergulhado na história da cultura afro-brasileira do estado do Rio Grande do Sul, através do rap, e dessa história na América Latina, o espetáculo reverbera as vozes e a sagacidade de um povo aguerrido ao mesmo tempo em que une duas manifestações artísticas semelhantes, mas com “sotaques” diferentes: o rap e a pajada (payada – Payador em castelhano, quer dizer repentista ou poeta do improviso). Clique aqui para conferir

 

 


10 de outubro: Sábado

18h – Sons da Boca do Monte com RICARDO BORGES

Borges e Veiga - Foto: Divulgação
Borges e Veiga – Foto: Divulgação

Com sete trabalhos lançados, incluindo discos e álbuns “Ao Vivo”, além de turnês pelo Brasil e Argentina, Ricardo Borges prepara novamente um espetáculo inédito em Santa Maria. Nesta ocasião, irá apresentar um show que contempla partes distintas de todo seu repertório autoral, acompanhado pelo violonista Rafael Veiga.

O show já foi apresentado em 2019 no Theatro São Pedro e no Teatro Carlos Carvalho, em Porto Alegre. O músico, que sempre contemplou diversos outros artistas locais no seu trabalho, não fará diferente desta vez.

O show terá participação de Paola Matos (cantora) e Venâncio Guedes da Luz (flautista). O repertório foi construído a partir das composições de Borges com arranjos para dois violões, sendo um prato cheio para os amantes do instrumento. Além das canções, também há peças instrumentais tocadas pelo duo Borges e Veiga, que ganhou o nome de “Com Cord’ando”, em 2019.