O AMOR TAMBÉM PODE CURAR

Nem mesmo os raios e trovões impediram o lançamento de Existência Humana – Prazer na Dor e No Amor, do autor Edson Sallin. Há três anos ele se formou em Psicanálise pelo Instituto de Psicanálise Humanística e realizou sua tese de formação baseado na história de uma paciente que ele acompanhou durante um ano e seis meses.

Com a pergunta “O que leva uma pessoa a adoecer”, Sallin deu início ao estudo sobre o que pode curar uma pessoa adoentada. Da escuta dos pacientes na clínica-escola e também pesquisando sobre o assunto, o escritor descobriu que se pode curar as enfermidades das pessoas com o sentimento do amor.

Edson Sallin conta também que a paciente  que foi inspiração para o livro chegou para a terapia utilizando oito remédios. Depois de muito tempo de conversa e análise, ela recebeu alta e já não está tomando mais medicação. Conforme ele, ela descobriu que o sentimento do amor a curou.

O autor afirma que se vive em uma sociedade doente, mas que é possível viver sem nenhuma patologia, já que elas tiram desde a alegria até mesmo os amigos das pessoas. Conforme ele, com o livro, o desejo é de que mais pessoas consigam ser felizes,  trabalhando o sentimento do amor nelas mesmas.

DSC_0061

Texto elaborado pela acadêmica de Jornalismo/UFN Natália Venturini

Foto: Acadêmico de Jornalismo Denzel Valiente/LABFEM-UFN

Professor responsável: Jornalista Bebeto Badke (MTb 5498)