PÓ MÁGICO NA TARDE DE CHUVA

A tarde fria e chuvosa deste sábado, dia 13, se alegrou com a fita e vestido vermelho de bolinhas de Curiosita e uma mensagem de luz, e sua criadora, Domênica Minóia Trindade. A autora contou sua história para o público, que mesmo encolhido com o frio, acompanhou animado o desenrolar do conto de sua personagem, que encontra uma cestinha mágica embaixo da árvore e dela emanava uma luz brilhosa, como estrelas que caíram do céu.

A personagem, junto de seus colegas do orfanato, descobrem que o pó transforma o humor de todos à sua volta, deixando todos mais alegres. Eles decidem, então, espalhá-lo pelo mundo todo. Porém, um dia ele acaba e é então que ela descobre uma mensagem que incentiva o bem a ser espalhado por aí, como se fosse esse brilho, já que seus efeitos seriam os mesmos, com a diferença de que durariam para sempre.

A autora, que é pedagoga,  busca criar algo novo, utilizando uma pedagogia alternativa, do amor e da espiritualidade baseada no que acredita para criar suas histórias. “Eu sempre tento colocar essa questão da afetividade, onde as crianças busquem essa conexão com elas mesmas, sempre colocando esse sentimento de amor e alegria, a importância de que a gente tenha essa essência da divindade, essa beleza dentro da gente”, acredita Domênica.

Bolinhas

Domênica busca criar algo novo, utilizando uma pedagogia alternativa em seu livro. (Foto: Mariana Olhaberriet/LABFEM-UNIFRA)

Texto acadêmica Thayane Rodrigues/ Jornalismo – UNIFRA

Prof. responsável: Jornalista Bebeto Badke (MTB 5498)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *