QUE VENHA 2018!

Feira encerrada, hora de pensar em 2018 e na 45ª edição. A Comissão Organizadora trabalha o ano todo. Conforme um dos integrantes , Télcio Brezolin, da Câmara do Livro, a programação de 2017 estava muito vasta. “As contações de histórias incentivaram as crianças que passaram por aqui, além das interações com a comunidade”.

Já a Secretária de Cultura, Esporte e Lazer do município, Marta Zanella, avaliou como positivo os 16 dias de Feira. “Eu estive aqui observando todo o tempo, e as apresentações estavam ótimas. A programação foi variada, de qualidade e para todos os gostos e idades”. A Secretaria já estuda as melhorias para 2018.

A programação do ano que vem já está sendo planejada pela produtora cultural Rose Carneiro, da Chili Produções. Para ela, o que mais marcou foi a procura de leitores voluntários adolescentes. “Nós tivemos como incentivo a leitura o Homem da Mala Azul, e a juventude veio atrás dele para a Feira”.

Para os livreiros, a Feira está sendo boa em relação às vendas. “Vendemos 36% a mais do que o ano passado”, afirmou Luiz Carlos Pacheco, da banca Recanto das Letras. A leitora Ana Cristina, de 32 anos, diz que vai retornar com certeza para visitar a Feira. “Eu assisti o Livro Livre do Francisco José e da Thalita Rebouças e adorei”.

Marcelo Canellas ficou conhecido como o Patrono Andarilho, pois percorreu inúmeros caminhos durante a Feira. Ele teve uma série de experiências transformadoras. “Eu fui além do espaço físico da Feira. Pude ir ao Presídio Regional, conversar com as mulheres, também visitei escolas estaduais e o CASE e ver como a leitura pode mudar o mundo dessas pessoas”. Na percepção de Marcelo, a Prefeitura Municipal já tem bases para fazer programas de incentivo à leitura durante todo o ano.

A Feira agradou o público de todas as idades. (Foto: Juliana Brittes/LABFEM-UNIFRA)
A Feira agradou o público de todas as idades. (Foto: Juliana Brittes/LABFEM-UNIFRA)

Texto elaborado pelas acadêmicas Luiza Rorato, Natália Venturini e Thayane Rodrigues / Jornalismo – Unifra
Prof. Responsável: Jornalista Bebeto Badke (MTB 5498)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *