A HISTÓRIA DO TREZE EM TEXTO E FOTOS

O livro Theatro Treze de Maio – Um Espetáculo de História, teve sessão de autógrafos na tarde desta segunda, 7 de maio. A autoria de Luiz Gonzaga Binato de Almeida, com pesquisa do Patrono da Feira, Valter Noal Filho e fotos de Rafael Happke. O livro faz uma retomada histórica de um dos símbolos da cultura santa-mariense. A diretora do Theatro, Ruth Péreyron é uma das responsáveis pela reabertura da casa de espetáculo em 1997. Ela revela que a casa faz questão de mostrar muitos artistas locais: “o nosso teatro é para artistas estrangeiros, brasileiros e principalmente os locais, de Santa Maria, para valorizar o pessoal daqui”.

A pesquisa durou cerca de quatro anos e Noal ficou com a tarefa de retratar a história antiga, anterior à reabertura. Nas palavras do Patrono, foi um presente o convite para fazer esta pesquisa. “Eu tive a oportunidade de conhecer muitas coisas que eu não conhecia e passei a considerar uma fonte de pesquisa que eu usava pouco, que é a imprensa de Santa Maria, que hoje é, para mim, uma das principais fontes, e foi o livro que me fez acordar pra isso”.


Texto elaborado pelo acadêmico Matheus Mattos / Jornalismo UFN – Universidade Franciscana
Foto: Felipe Cardias/ Labfem-UFN
Professor responsável: jornalista Bebeto Badke (MTb 5498)