AS VÁRIAS LEITURAS SOBRE AMOR

O lançamento do livro “O amor não se lê” ocorreu neste domingo, 1º de maio. A obra foi elaborada pela Oficina de Produção Psicanalítica e Literária Paulo Fernando Monteiro Ferraz e construída pelos organizadores Caren Borges, Dirceo Stona, Katia Bonfanti e Nídia Bandeira. “Na oficina são proporcionadas muitas produções criativas de escritas, por isso o grupo sentiu a necessidade de reunir e publicar”, explica Caren.

“A oficina tem como objetivo nos encontros ter uma visão panorâmica e diacrônica do conto, da crônica e da poesia”, avalia a escritora. Visa também analisar aspectos que norteiam a produção textual, produzir textos de natureza narrativo-ficcionais e/ou científicos, em diferentes gêneros. O grupo ainda costuma discutir sob a forma de seminários, seus próprios textos e os de outros autores.

A obra produzida durante a pandemia contempla as várias formas de amor em poemas e histórias de diversas pessoas. A psicóloga e poeta descreve: “o objetivo é que eles sintam prazer pela leitura, poder pensar o amor de outro jeito que não o amor romântico, e também poder pensar que é possível escrever histórias criativas

Assessoria de Imprensa: acadêmicos de Jornalismo da Universidade Franciscana
Texto elaborado pela acadêmica: Vitória Gonçalves
Professor responsável: jornalista Bebeto Badke
Foto: Julia Buttignol

Jornalista responsável: Letícia Sarturi (MTb 16.365) – Feira do Livro de Santa Maria