PROGRAMAÇÃO DE SÁBADO, 30 DE ABRIL

10h –Abertura da Feira

10h30 – Contação de Histórias (Saca-Rolhas Teatro & Cia.)

14h – Lançamento de livro infantil:

  • Bichos de Todos os Reinos – Poemas Infantis – Breno Serafini (Ilustrações de Moa Edições)
  • Que Saudades!! Ângela Maria e Suas Avós – Ida Tereza Ceron

14h30 – Contação de Histórias – “A História de Julia” (Cia. Retalhos de Teatro)

Júlia, uma menina surda, espera ansiosa pelo seu vizinho André. Juntos irão viver grandes momentos, quebrando as diferenças que existem entre eles descobrindo uma verdadeira amizade.

 16h – Teatro –“A Caligrafia de Dona Sofia” (Cia. Retalhos de Teatro)

Lá no alto de uma grande colina afastada, em um casebre simples feito com muito carinho, mora uma velha senhora, uma professora aposentada que vive sua vidinha com suas duas paixões: a poesia e seu jardim. Essa é Sofia, uma jovem em corpo de idosa e que passa dias e noites imersa em sua imaginação, lendo os poemas dos seus autores preferidos.

17h –Lançamentos de livros

  • A Integração do Cuidado Diante do Incêndio na Boate  KISS: Testemunhos e Reflexões – Gilson Mafacioli, Manoela Fonseca Ludke e Maria Luiza Leal Pacheco
  • Milongas do Tio Juvêncio – José Alves Camargo
  • Fronteira Xucra – Vicente Vígil Cordeiro (Org. Roberta Pasetto Cordeiro)
  • Santa Maria Viva Cidadania – Ida Tereza Ceron
  • Mulher em Partes – Pedro Ivo da Costa Passamani
  • Charlote Sonhos, Tristezas e uma História de Amor em Dois Continentes – Mildo Fenner
  • Cartas para Rose – Mildo Fenner                                        
  • Inclusão Social e Preconceitos na Contemporaneidade – Volume 1 – Adair Adams,
  • Tiago Anderson Brutti e Vaneza Cauduro Peranzoni (Organizadores)
  • Memórias de um Solitário – Miguel José da Silva
  • Cultura e Identidade dos Povos dos Pampas – Giovani Pasini, Valdo Barcelos e Sandra Maders (Organizadores). Vários autores
  • Perdão: Opção Cosmoética de Seguir em Frente – Vera Tanuri
  • Cerejinha – Rodeio na Querência e Outras Lembranças (CD) – Produção José Armênio Pimentel
  • Cerejinha  Caravana Artística e Seus Amigos – 50 Anos de Saudade (CD)  Produção José Armênio Pimentel
  • As Bandas da Minha Terra – História, Sons e Imagem de Tempos Áureos (CD) – Produção José Armênio Pimentel

19h – Livro Livre – Bate-papo com Vitor Ramil

Cantor, compositor e escritor, o gaúcho Vitor Ramil começou sua carreira artística ainda adolescente, no começo dos anos 80. Aos 18 anos gravou seu primeiro disco: Estrela, Estrela. Entre outras importantes conquistas, faz parte de sua obra Ramilonga, um “marco zero” na carreira do músico que percorre o imaginário regional gaúcho mesclando o linguajar gauchesco do homem do campo à fala coloquial dos centros urbanos. O canto forte dá lugar a uma expressividade sofisticada e suave, instrumentos convencionais são substituídos por outros, como indianos e africanos, nunca antes reunidos neste gênero musical.

Vitor Ramil 3 FOTO SATOLEP PRESS
Foto: Satolep Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *