HISTÓRIAS EM GESTOS E MOVIMENTOS

Os gestos  e movimentos corporais contaram muitas histórias nesta tarde de quinta, 2 de abril na Feira. A oficina das 16 horas na Casa da Leitura foi ministrada pelos integrantes da escola de educação especial Dr. Reinaldo Fernando Cóser. A atividade propôs que alunos e professores contassem histórias em libras. Aline Vieira tem 35 anos e é professora na escola. Ela contou uma história sobre um mergulhador surdo que descobre muitos animais marinhos. Ela relata que ficou muito feliz ao ver públicos diferentes na sala, integrantes de escolas. Para Lucélia Teixeira, mãe de Bruno Teixeira de 16 anos e aluno da escola, “é importante essa interação e esse contato em lugares diferentes, assim, eles não ficam só no mundo deles” avalia.

Já o diretor Jeferson de Oliveira Miranda destacou: “é muito importante essa leitura adaptada para a cultura surda, para  mostrarmos à população que temos esse diferencial”. Ele revelou que a população de deficientes surdos em Santa Maria é muito grande e esse espaços são importantes para que se  possa conhecê-la.


Texto elaborado pela acadêmica Flora Quinhones /Jornalismo UFN – Universidade Franciscana
Foto: Matheus Kunzler/ Labfem-UFN
Professor responsável: Jornalista Bebeto Badke (MTb 5498)