quinta-feira, maio 30, 2024
Feira Do Livro 2019TODAS EDIÇÕES

ABAIXO A DEPRESSÃO!!!

Os lugares de Santa Maria trouxeram inspiração para o livro Baixada Melancólica – contos da Depressão Central, lançado na tarde desta quinta-feira, 2 de maio. “ Em uma de nossas conversas surgiu a ideia do trocadilho com a cidade, explorar o campo semântico entre a baixada melancólica, que é a região oeste do município, que apelida o Estádio Presidente Vargas, ao lado do Cemitério Central, e a conformidade do relevo, onde estamos em direção à Depressão Central do estado”, explica um dos autores, Odemir Tex Jr, editor da obra.

O livro retrata fragmentos do cotidiano santa-mariense nas ruas e prédios da cidade, os textos, “passeiam por nossos versos e narrativas lugares e gentes do lugar que escolhemos para viver” lê-se na contracapa.

O grupo, que começou com quatro escritores, se reúne há 17 anos,  na informalidade, em cafés e bares da cidade para conversar e discutir temas da atualidade. das conversas surgiram alguns textos que já foram publicados. “Nem todos participam sempre, mas considerando a nossa lógica de produção cooperativa já publicamos 17 obras. Nas nossas conversas, falamos de livros, cinema, cultura, política e da vida em si”, comenta Antônio Candido Ribeiro.

“A melancolia, do ponto de vista literário, tem muito mais a ver com conflito e drama do que com tristeza, ainda que a narrativa possa conter superações, o drama prevalece na narrativa, por isso, o melancólico é um valor de construção”, acredita o escritor Orlando Fonseca. Para ele, histórias felizes terminam felizes e isso não é interessante para a literatura, que se constroem melhor quando os personagens são marcados pela melancolia, utilizando o cenário de Santa Maria.

_DSC1847

Texto elaborado pela acadêmica de Jornalismo/UFN Caroline Comassetto

Foto: Beatriz Bessow/LABFEM-UFN

Jornalista responsável Bebeto Badke (Mtb 5498)