segunda-feira, maio 20, 2024
Feira Do Livro 2022TODAS EDIÇÕES

200 anos e 200 formas de conhecer a Independência

Na noite desta segunda-feira, dia 2 de maio, Eduardo Bueno, o Peninha, foi recebido no Livro Livre. Jornalista, escritor e tradutor, que dedicou a carreira a contar a história do Brasil, ele também realizou uma sessão de autógrafos do livro “Dicionário da Independência: 200 anos em 200 verbetes” durante o final da tarde.

O livro, no formato de dicionário, traz ilustrações que atravessam o bicentenário da independência.“Utilizei a ilustração pois eu acredito em uma história pop. É fundamental conhecermos nosso passado, pois, como já diz o ditado, um povo que não conhece a sua história está condenado a repeti-lo”.

Após a sessão de autógrafos, o escritor foi recebido no Theatro Treze de Maio, onde explicou em forma de conversa como elaborou o livro, desde o formato idealizado até histórias contadas em forma de verbetes. Ainda no Theatro, Eduardo Bueno respondeu perguntas feitas pelo público. Peninha arrancou gargalhadas de quem estava presente contando várias histórias vivenciadas no auge dos seus mais de 60 anos. 

“É importante a gente conhecer a história do nosso País, dessa maneira mais leve e diferente”, relatou Mateus Ferreira, admirador de Eduardo, o qual acompanha no canal do YouTube. Nem todo mundo conseguiu se programar com antecedência para a conversa com Peninha. Bianca Winch chegou em cima da hora, pois veio direto do trabalho: “Valeu a pena vir, pois foi uma conversa bem instigante e direta”. O superintendente de Cultura de Santa Maria, Cassio Corbellini, comentou que “o bate papo foi uma forma lúdica de fazermos um mergulho no nosso comportamento que se diz muito respeito a sociedade de hoje em dia”.

Eduardo Bueno foi a atração do Livro Livre desta segunda-feira – Foto: Patrício de Freitas

Texto elaborado pelos acadêmicos de Jornalismo da UFN Matheus Jardim e Petrius Dias
Professor responsável: Jornalista Bebeto Badke (MTb 5498)
Fotos: Patrício de Freitas
Jornalista responsável: Letícia Sarturi (MTb 16.365) – Feira do Livro de Santa Maria