quinta-feira, maio 30, 2024
Feira Do Livro 2022TODAS EDIÇÕES

Confira a programação desta segunda-feira, dia 09 de maio

Dança e Cuidado de Si (Oficina) 
Autor/org: Marcelo Andrade Pereira.
Horário: 14h.


Espetáculo A Tartaruguinha que perdeu o Casco – Cia Armazém
Local: Theatro Treze de Maio.
Horário: 14h30.

O espetáculo “A Tartaruguinha que perdeu o casco”, aborda a temática de doação de órgãos para crianças através de uma história lúdica e sensível. Na história, uma tartaruga quebra seu casco e sai em busca de ajuda. Em meio a muita confusão, todos os animais da floresta tentam ajudar a tartaruguinha.


Orientação sobre risco de quedas em idosos
Autora/org: Melissa Braz
Horário: 15h.


#LeiaMulheres: Bastidores de uma pesquisa em comunicação com leitoras de norte a sul do Brasil (Oficina)
Autora/org: Marília Barcellos.
Horário: 16h.


Casa do Poeta de Santa Maria – CAPOSM 
Local: Theatro Treze de Maio.
Horário: 17h.


Lançamento da antologia Elas por Elas – Casa do Poeta de Santa Maria
Local: Theatro Treze de Maio.
Horário: 17h.


Características e mitos da saúde menstrual e íntima feminina (Oficina)
Local: Melissa Braz.
Horário: 18h.


Livro Livre:

Eliana Yunes – O Maravilhoso e a realidade na literatura infantil de Monteiro Lobato
Local: Transmissão online nas redes da Feira do Livro.
Horário: 19h.

Eliana Yunes possui graduação em Filosofia e Letras pela Faculdade de Filosofia Nossa Senhora Medianeira (1971), mestrado em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1974) e doutorado em Linguística pela Universidade de Málaga (1976), em Literatura pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1986), com pós doutorado em Leitura pela Universidade de Colônia (1991) e no CNRS, Paris (2006). Foi professor associado da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

É professora visitante em diversas universidades brasileiras e do exterior. Tem experiência na área de educação, políticas públicas, administração cultural e teologia, atuando principalmente na linha de formação de leitores em perspectiva interdisciplinar. Criou para a Biblioteca Nacional, o Programa Nacional de leitura (Proler) é assessora do Cerlalc/Unesco e co-fundadora da Cátedra Unesco de Leitura no Brasil.