CATAVENTOS E CRIANÇAS GIRARAM NA PRAÇA

A praça lotou na tarde deste domingo, 30, durante a apresentação do musical Jardim de Cataventos. O espetáculo, baseado em um livro do mesmo nome, já passou por países como Alemanha, Áustria e Emirados Árabes.

Mesmo distante de casa, o carinho das crianças sempre é o mesmo, como explica o idealizador do musical, Marcelo Schmidt: “nós sentimos que a música e a poesia sempre são bem vindas pelas crianças e pelo ser humano, independente de idade ou lugar “.  O músico  ainda explicou que o principal motivo por trás do Jardim de Cataventos é manter a língua portuguesa como uma língua de herança

O espetáculo mescla música, contação de histórias e interação com o público. Os gêneros das músicas vão da milonga ao rock and roll. Durante a apresentação, muitas crianças foram perto do palco para pular ao ritmo das músicas, e em diversos momentos elas  fizeram parte da encenação, formando trenzinhos que rodearam as cadeiras em frente ao palco. Os pais ficaram encantados.

O musical não é a única produção de Schmidt a aparecer na Feira. Ele tem  parceria com o projeto Mala de Herança, e vai lançar a obra Luneta que contém poemas que foram ilustrados por diversas crianças. O livro será lançado na Feira na quarta-feira, dia 3 de maio.

No palco, música e cataventos. Na plateia, crianças em movimento. (Foto: Fernanda Gonçalves/Lab.Foto e memória - UNIFRA)
No palco, música e cataventos. Na plateia, crianças em movimento. (Foto: Fernanda Gonçalves/Lab.Foto e memória – UNIFRA)

Texto elaborado pelo acadêmico Luciano Vieira / Jornalismo – UNIFRA
Professor responsável: jornalista Bebeto Badke (MTB 5498)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *