ENTRE BORBOLETAS E TELEVINOS, A PRAÇA SE COLORIU

A tarde cinza dessa quarta, 3 de maio, deu espaço para que  livros super-coloridos, enchessem a Feira com ilustrações encantadoras. O Voo da borboleta, de Filipe Furian, e Televinos, de Sibele Righi Scaramussa, ambos lançamentos da Flora Edições, relacionam a temática da criança e o contato com as tecnologias atuais. Os livros procuram incentivar a conversa sobre a relação entre os mais jovens e os meios de comunicação.

Em Televinos, a autora conta que buscou retratar um lugar bem distante, onde a televisão estava surgindo, mas já causa confusão entre as crianças. Elas deixam de brincar e fazer suas tarefas, tudo em função da novidade. ”Não que isso seja ruim, mas o problema é o excesso. O livro serve até para os adultos repensarem isso e saber equilibrar. As crianças precisam desse incentivo, e isso é muito importante para a sua formação”, acredita Sibele.

O autor de O voo da borboleta busca valorizar a conexão com a natureza, muitas vezes esquecida em razão do advento das plataformas digitais. “A principal essência do livro é a amizade entre todas as coisas. Onde não há uma relação de posse, e sim respeito. E justamente por não haver essa prisão, isso se faz de forma muito mais natural, mais saudável”, revela  Filipe.

Filipe Furian prega o respeito entre seres humanos e as coisas de forma saudável. (Fota Carolina Dias  LABFEM-UNIFRA)
Filipe Furian prega o respeito entre seres humanos e as coisas de forma saudável. (Fota Carolina Dias  LABFEM-UNIFRA)

Texto elaborado pelo acadêmica Thayane Rodrigues/ Jornalismo – UNIFRA
Prof. responsável: Jornalista Bebeto Badke (MTB 5498)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *