FEIRA ULTRAPASSA OS 19 MIL LIVROS VENDIDOS

A 49ª Feira do Livro de Santa Maria chega a última semana com aumento na procura por obras literárias. Até a noite de segunda-feira, dia 09 de maio, foram vendidos 19.375 exemplares. Entre eles, cinco títulos se destacam como os mais procurados da edição (confira a lista abaixo), que encerra no sábado (14), na Praça Saldanha Marinho.

Entre os livros em destaque está o “Dicionário da Independência: 200 anos em 200 verbetes”, de Eduardo Bueno, o Peninha. O escritor participou do Livro Livre, principal atração da Feira, do dia 02 de maio, no Theatro Treze de Maio. Na ocasião, ele também realizou, na Praça, o lançamento da nova obra e recebeu os leitores numa sessão de autógrafos.

 A Feira do Livro de Santa Maria é realizada pela Prefeitura Municipal de Santa Maria, por meio das Secretarias de Cultura e de Educação; Câmara do Livro; CESMA; 8ª Coordenadoria Regional de Educação; Universidade Franciscana (UFN); Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). A produção cultural é de Denise Copetti. Incentivo Cultural por meio da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria: UNIMED, Clínica Viver, Eny Calçados e Rede Vivo Supermercados. Apoio: Gráfica e Editora Pallotti. Patrocínio: CORSAN – Evoluir nos define. Governo do Estado do Rio Grande do Sul – Novas Façanhas.

LIVROS MAIS VENDIDOS ATÉ 09 DE MAIO (ordem aleatória):

Filosofia da Educação – Ronai Rocha – Ed. Contexto

O Pequeno Príncipe – Antoine de Saint-Exupéry – editoras diversas

Dicionário da Independência – Eduardo Bueno – Ed. Piu

Heartstopper vol. 3. – Alice Oseman – Ed. Seguinte

1984 – George Orwell – editoras diversas

Imagem: Ronald Mendes

Jornalista responsável: Letícia Sarturi (MTb 16.365) – Feira do Livro de Santa Maria