AS AVENTURAS DO FUSCA A VELA PELO MAR DA IMAGINAÇÃO

No início da tarde deste sábado (29), um fusca azul chamou a atenção de quem passava na Praça Saldanha Marinho. Entre os olhares desconfiados das crianças e a curiosidade dos adultos, um quarteto se movimentava próximo ao carro que parecia ter muitas histórias para contar.

Foi desta forma que o espetáculo “As aventuras do fusca a vela”, do Grupo Ueba – Produtos Notavéis, de Caxias do Sul, recebeu o público santa-mariense para contar as histórias e devaneios do jovem Jonas e do velho Ismael.

A apresentação conta a história de Ismael, um senhor que vive em um ferro velho e divide seu tempo entre o fusca e as memórias do tempo em que desbravara os oceanos em busca da baleia literária mais conhecida, a Moby Dick. Tudo muda quando o velho marinheiro se depara com Jonas e sua turma, um encontro inusitado que se transforma em parceria aos devaneios de Ismael, onde o velho carro se torna uma embarcação a vela a desbravar um fantasioso mar.

As crianças que circulavam na Feira do Livro logo foram atraídas por aqueles personagens que interagiam com elas ao melhor modo do teatro de rua, onde a imaginação ocupa os espaços urbanos e transeuntes logo se sentem pertencentes ao que acontece em sua volta. Não foram poucos os adultos que também lotaram a praça para assistir o espetáculo que mesclava figurinos de steampunk, um fusca a vela e bonecos na forma de tubarões e sereias que circulavam pelo ar.

A apresentação de cerca de 50 minutos foi a primeira do Grupo Ueba em edições da Feira do Livro de Santa Maria. Jonas Picolli, ator que dá vida ao velho Ismael e autor do livro homônimo da peça, encerrou a apresentação agradecendo ao público e citando o quão satisfatório é o fato de ainda se emocionar mesmo com os 20 anos de estrada do grupo.

“O teatro de rua para nós é a nossa vertente. Gostamos de estar em meio ao público e confrontando o público e a mercê do que a rua nos oferece. Nós gostamos de dar opção para quem passa. Ou a pessoa para e assiste ou ela desvia da roda e segue seu caminho. Mas a gente já mudou a vida dela, naquele momento pelo menos. A gente acredita muito nessa forma, de teatro de rua, que é o que a gente gosta e sempre se emociona”, explica o ator.

Amanhã a programação infantil da Feira do Livro segue com o espetáculo Baú Brasil Criança, às 15 horas, no Theatro Treze de Maio. Os ingressos gratuitos estão disponíveis na bilheteria do teatro.

 

Texto: Nathália Arantes – acadêmica de jornalismo da UFN

Jornalista responsável: Letícia Sarturi (MTB 16.365) – BAH! Comunicação Criativa