quinta-feira, maio 30, 2024
Feira do Livro 2018

PROGRAMAÇÃO DE SÁBADO, 28 DE ABRIL

10h – Solenidade de abertura da Feira do Livro 2018 com a presença dos homenageados, autoridades e convidados. Participação da Banda do Colégio Manoel Ribas e Intervenções Poéticas com a Cia. Armazém de Teatro.

Casa da Leitura – Praça Saldanha Marinho

14h – Oficina de ilustração com o cartunista e ilustrador Jô

16h – Oficina de HQ – História em Quadrinhos, com o Byrata

15h30 – Palco – Musical Jardim de Cataventos

Idealizado pelo músico Marcelo Schmidt, o espetáculo é baseado na obra literária homônima. Lançado na Feira do Livro em 2012, o livro foi escrito por Marcelo e Daniel Retamoso Palma, com ilustrações de Gabriel Coser. Camila Borges, Daiane Diniz e Maninho Pinheiro completam o elenco.

16h – Theatro Treze de Maio – Lançamento Oficial do projeto Mala de Leitura com palestra da Cátedra Unesco de Leitura – Eliana Yunes

Eliana é doutora em Linguística pela Universidade de Málaga (1976), em Literatura pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1986), com pós-doutorado em Leitura pela Universidade de Colônia (1991).

17h – O movimento criativo e pedagógico de Frida Kahlo – Intervenção coreográfica que apresenta fragmentos do espetáculo FeridaCalo, criado a partir das imagens de vida e obra de Frida. Direção de Odailso Berté – UFSM

17h – Lançamentos de Livros

  • O movimento criativo e pedagógico de Frida Kahlo – Odailso Berté
  • Avance Sempre – Irlei Hammes Wiesel
  • Autoestima e Desenvolvimento do Potencial Humano – Marize Cristina Sudati Silva
  • Amor Homoafetivo ou Simplesmente Amor? – Greice Rachel Lemes Michel
  • Caráter Criativo – Salézio Plácido Pereira
  • Os Gênios da Humanidade: Superando Desafios; Criatividade e Produtividade – Andréa Alves Borgert
  • O Caráter Feminino: A Cultura da Violência na Sociedade Contra a Mulher – Eden Jorge Pereira Perez
  • Crime em Família – Daniel Figueira Tonetto 

 19h –  LIVRO LIVRE com Daniela Arbex – O Jornalismo Investigativo e a construção da memória no Brasil

Daniela Arbex reafirma seu lugar como uma das jornalistas mais relevantes do país, veterana em reportagens de fôlego,  premiada por duas vezes com o prêmio Jabuti. Ela traz ao debate como o jornalismo pode, ao mesmo tempo, abordar a instantaneidade e resgatar a história. Ela vai tratar dos bastidores dos seus três livros, incluindo Em Todo Dia a Mesma Noite, que reconstitui de maneira sensível e inédita os acontecimentos trágicos da madrugada de 27 de janeiro de 2013.  Vai ser uma noite para discutir a importâncias dos relatos para a construção da memória no Brasil.

Daniel Arbex - Foto: Ronald Mendes
Daniel Arbex – Foto: Ronald Mendes