terça-feira, maio 28, 2024
Feira do Livro 2023TODAS EDIÇÕES

SARAU DXS ATREVIDXS REÚNE POETAS PROFISSIONAIS E AMADORES NO TREZE DE MAIO

O Sarau dxs Atrevidxs foi o destaque da programação da Feira do Livro de Santa Maria na noite desta quinta-feira (11), no Livro Livre. A atividade, realizada no Theatro Treze de Maio, reuniu poetas profissionais e amadores para a leitura de textos autorais e de escritores consagrados.

De acordo com Karina Maia, escritora, produtora cultural e criadora do projeto, o objetivo do Sarau dxs Atrevidxs é a criação de um ambiente onde o compartilhamento de leituras e saberes são práticas comuns entre os participantes. Karina chama esse local de um “território de literatura”.

O “território de literatura” construído pelo Sarau dxs Atrevidxs durante a Feira do Livro de Santa Maria foi um ambiente que reuniu poetas profissionais, iniciantes e entusiastas da literatura. Foi também um ambiente íntimo e acolhedor em que não apenas escritores convidados, mas também integrantes da plateia se sentiram encorajados a declamarem poesias.

Além de realizar a mediação do Sarau, Karina também fez a leitura de alguns textos selecionados. Na abertura do evento, ela declarou que “trabalhar pela cultura é ser sempre resistente”. Combinando com a referida postura, a mediadora iniciou a rodada de leituras com uma poesia de Rita Lee, “um ícone de rebeldia, de nossa força de mulher”.

A apresentação dos textos realizados tanto pelos escritores profissionais, quanto pelos membros da plateia, variou entre leituras, declamações e performances quase teatrais. Gabriel Santos de Araújo e Pitto Foliatti, escritores convidados, fizeram a leitura de algumas poesias presentes em livros autorais que serão lançados ainda durante a Feira do Livro.

Pitto Foliatti selecionou alguns textos presentes em seu livro, intitulado Textos Colhidos à Mão. De acordo com o autor, as poesias foram escritas durante um processo de autoconhecimento. Gabriel Santos Araújo escolheu alguns textos do livro Papá da Terra, Mamá da Água. Após a leitura, destacou o papel do Sarau dxs Atrevidxs de manter a “poesia viva”.

Maura Nascimento, psicóloga, estudante de artes e outra das poetas convidadas a participarem do Sarau fez a leitura de dois textos impactantes sobre identidade. O primeiro, fala da sua identidade indígena. No texto, além de descrever seu processo de autodescoberta, também denúncia violências sofridas pelos povos indígenas.

De acordo com Maura, “a poesia já salvou tantas pessoas”. Foi através dessa arte que ela declara ter sido “salva” do que ela chama de uma “identidade heterossexual compulsória“. Pela poesia, Maura Nascimento descobriu sua identidade lésbica. O tema é abordado em uma série de textos, intitulada “Poesia Sapatônica”.

Maura Nascimento contou que escreve poesia desde os oito anos, mas que foi o Sarau dxs Atrevidxs que a ensinou e a fez sentir-se autorizada a declamar poesia. “Sarau é a veia da literatura”, afirmou.

Claudia Erthal, jornalista e escritora, foi uma das convidadas que optaram por uma declamação mais performática. Ela apresentou a poesia Necrológio dos Desiludidos do Amor, de Carlos Drummond de Andrade. Assim como ela, o poeta da plateia Da Costa Kemmerich também realizou uma apresentação mais teatral, descendo do palco e circulando em meio às cadeiras do Theatro. Ele declamou um longo texto autoral, em que referenciou diversas obras e artistas.

O Sarau dxs Atrevidxs é um projeto nascido em Santa Maria e que existe desde 2014. De um grupo de entusiastas da poesia, o projeto cresceu até obter reconhecimento regional e participar, em 2023, pela terceira vez de uma edição da Feira do Livro de Santa Maria.  Em 2021, o projeto deu mais um passo adiante. Com a aprovação em um edital de incentivo à cultura, o Sarau dxs Atrevidxs também passou a oferecer oficinas para estudantes de escolas públicas e mulheres ex-detentas. A trajetória do grupo ecoa uma outra fala de Karina Maia, que disse que “sarau é de quem se atreve”.

Foto: Ronald Mendes

Texto: Vitor Dornelles – Jornalista colaborador (IFFar) – Especial para a Feira

Jornalista responsável: Letícia Sarturi (MTB 16.365) – BAH! Comunicação Criativa