O CACHORRO SÓ AMANHÃ E AURI SEMPRE NA FEIRA

O novo livro de Auri Antonio Sudati, “O Cachorro Só Amanhã”, foi lançado nessa quinta-feira, dia 5 de maio, na Praça dos Escritores. O autor já soma 30 títulos lançados, a maioria infantis, sendo apenas um voltado para adultos e do gênero de poesia.

Sudati ficou contente de ter conseguido preservar a surpresa da história, sem que os leitores soubessem o que tinha guardado para o fim: “Eu conversei com pessoas antes de lerem o livro e perguntei o que achavam que significava o título, recebi muitas respostas diferentes, todo mundo tem uma visão, mas nenhuma conseguiu adivinhar a surpresa do final. Acho que cumpri o objetivo do livro”. A inspiração veio de uma placa de uma lanchonete que dizia “Fiado só amanhã”, como uma forma de negar a venda sem pagamento no ato da compra para os clientes.

Sessão de autógrafos do livro “O Cachorro só Amanhã” atraiu os pequenos leitores

Além disso, Sudati também inclui características próprias para o universo da obra: “A gente sempre se inspira um pouco em nós mesmos. O personagem principal, por exemplo, tem uma horta, eu sempre quis ter uma. Ele se comporta de maneiras que eu faria também”. O livro conta a história de um senhor que vai morar em um povoado com o cachorro e quando indagado sobre o nome do animal, sempre responde “O Cachorro só Amanhã”.

Assessoria de imprensa: acadêmicos de Jornalismo da Universidade Franciscana

Texto elaborado pelo acadêmico Ian Lopes

Professor responsável: Jornalista Bebeto Badke (MTb 5498)

Fotos: Thaís Gabrielle – LabFem-UFN

Jornalista responsável: Letícia Sarturi (MTb 16.365) – Feira do Livro de Santa Maria