domingo, maio 19, 2024
Feira do Livro 2018

A MATERNIDADE QUE ABRE OUTRAS PORTAS DE PERCEPÇÕES

A maternidade inesperada motivou Mariáh Oyarzabal da Luz, professora de literatura, 31 anos a narrar suas experiências em uma obra cheia de afeto. Cartas ao meu Bebê surgiu a partir de um blog há 7 anos, quando descobriu que esperava seu primogênito Fernando e foi lançada nesta sexta, 11 de maio na Feira do Livro.

A autora conta seus medos e expectativas decorrentes da sua nova descoberta, que transparece logo nas primeiras páginas, e compara sua evolução de vida com uma montanha-russa. A primeira carta é sobre a vez que a autora contou para o pai de Fernando por telefone que estava grávida e o quanto ela já amava seu filho mais que tudo no mundo.

‘’Quando você tem um filho, a sua vida muda, se transforma completamente, me sinto consagrada sendo mãe do Fernando e lançando esta obra praticamente junto com o dia das mães’’, relata a professora.

O pânico, o medo e as novas experiências fizeram com que Mariáh começasse a escrever para se libertar do desespero latente por ser mamãe de primeira viagem. Isto é revelado na escrita com amor que se torna mais generosa , atenciosa e delicada no longo processo de gestação de uma jovem-mãe-mulher.


Texto elaborado pela acadêmica Gabriela Gabbi / Jornalismo UFN – Universidade Franciscana
Foto: Lucas Linck/ Labfem – UFN
Professor responsável: jornalista Bebeto Badke (MTb 5498)